O líder da Oposição na Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Plácido Filho (PDT), afirmou nesta quinta-feira (3) que os funcionários da Companhia de Transporte Coletivo (CTC) estão sendo ameaçados de demissões e corte de seus planos de saúde pela direção da empresa.

Segundo Plácido, para impedir que os funcionários prossigam com tratamentos médicos ou de fisioterapia, a diretoria da CTC tem trocado horários de trabalho de seus servidores, e até os obrigando a assinar advertências, somente porque usam o banheiro por duas ou três vezes.

O parlamentar questiona o repasse feito pelo Executivo à CTC em 2005, que ele afirma ser defendido pela Gestão Municipal como uma forma de resgatar a autoestima dos funcionários e a própria empresa, que é de economia mista.

Fonte: Jangadeiroonline

Related posts:

  1. Vereador Plácido Filho diz que Prefeitura faz “corpo mole” em obras da Copa para pressionar Cid Gomes