03 de abril de 2012

CMFor aprova mensagens do Executivo sobre reajuste de servidores

00
 

Plenário aprovou mensagens por consenso - Foto: Genilson de Lima


A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou na tarde desta terça-feira, 03, cinco mensagens enviadas pela Prefeitura que tratam do reajuste para servidores de diversas categorias do Município. O projeto da Mesa Diretora com o reajuste linear de 8% para os servidores do Poder Legislativo também foi aprovada.

Entre as categorias contempladas estão os plantonistas do Instituto Doutor José Frota e os agentes de saúde e de endemias. As mensagens retornarão, ao Plenário, para apreciação, pelos parlamentares, em redação final.

O líder do Executivo, vereador Ronivaldo Maia (PT), destacou que as matérias foram construídas em consenso com os servidores, e que aquelas que precisavam de reajuste serão debatidas em reunião, com membros do Governo. O líder da Oposição, Plácido Filho (PDT), lamentou o fato de as mensagens virem divididas, pois ele entende que a medida enfraquece a luta dos servidores.

Mensagens aprovadas

0096/12 – altera o plano de cargos, carreiras e salários dos servidores médicos do IJF.

0097/12 – dispõe sobre a gratificação para profissionais do plantão da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do IJF. A mensagem contém emenda aprovada que volta para apreciação em redação final.

0104/12 – Concede reposição salarial aos servidores da Câmara Municipal de Fortaleza. A mensagem contém emenda aprovada que volta para apreciação em redação final.

0108/12 – dispõe sobre a gratificação aos procuradores autárquicos municipais da administração indireta do Município.

0110/12 – Institui o plano de empregos, carreiras e salários para empregados públicos agente de combate às endemias e agente comunitário de saúde. A mensagem contém emenda aprovada que volta para apreciação em redação final.

Fonte:  CMFOR.CE

 
 
21 de março de 2012

Plácido Filho critica situação dos terminais de integração

00
 

Vereador do PDT é o líder da oposição na CMFor - Foto: Genilson de Lima

A situação dos terminais de integração de Fortaleza foi analisada pelo vereador Plácido Filho (PDT), em plenário, na manhã desta quarta-feira, 21. O líder da oposição abordou o assunto após ouvir o gerente de operações da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC), Disraeli Brasil, dizer que tinha medo dos terminais de ônibus. A afirmação, segundo Plácido, foi feita ontem, 20, durante debate sobre a falta de estacionamento no Estádio Presidente Vargas. A frase proferida pelo servidor, conforme o vereador, justificou o porquê de ele não ir aos jogos do PV de ônibus.

Para o vereador, o sentimento do gerente é o mesmo da maioria dos fortalezenses que usam o transporte público. “A diferença é que o cidadão comum não pode se dar ao luxo de simplesmente virar as costas para o nosso falido sistema de transporte público. E o senhor Disraeli Brasil está errado? Não. Milhares de cidadão, se pudessem evitar os terminais, certamente fariam.”

Plácido destacou que a estrutura física dos terminais está estrangulada, há pouca segurança para os usuários e os horários dos coletivos não são cumpridos. No terminal da Parangaba, conforme ele, o usuário perdeu a preferência na faixa de pedestre em nome de uma maior agilidade na entrada doss ônibus e os veículos se deslocam a 40 km/h, quando o permitido nos terminais é 20 km/h.

Cemitérios
A Câmara aprovou hoje projeto de lei complementar de autoria de Plácido que estabelece diretrizes de acessibilidade em cemitérios públicos de Fortaleza. Justificando seu voto, o vereador chamou atenção para o fato de que vários equipamentos públicos já dispõem de acesso facilitado para pessoas com deficiência. O mesmo, conforme ele, não se observa nos cemitérios públicos.

“É de fundamental importância a disponibilidade de meios que lhes permita acompanhar de forma digna e autônoma o funeraĺ de seus entes queridos, considerando os fatores restritivos como idade, obesidade, deficiência e problemas de saúde.”

Fonte:  CMFor.Ce

 
 
13 de março de 2012

Câmara Municipal acolhe manifestação de servidores em greve

00
 

Vereadores vão levar reivindicações das categorias ao Executivo - Foto: Genilson de Lima


Uma Comissão Especial de vereadores de Fortaleza recebeu, nesta terça-feira, 13, os agentes de trânsito, de saúde e de endemias em greve. Os servidores reivindicam a continuidade das negociações com a Prefeitura de Fortaleza. A reunião foi mediada pelo 1º Vice-presidente, vereador Adail Júnior (PV), que, em encontro no Gabinete da Prefeita às 17h, apresentará a pauta dos agentes.

Adail Júnior evidenciou o papel da Câmara na mediação dos anseios das categorias que procuram o Poder, tendo a Casa integrado várias negociações entre o Executivo e os servidores. O parlamentar disse que espera uma deliberação do Executivo sobre as reivindicações das categorias.

O vereador Salmito Filho (PSB), que também integrou a reunião com os servidores, destacou e parabenizou o posicionamento do vereador Adail Júnior, que, representando a Mesa Diretora da Câmara, acolheu servidores e ouviu as suas pautas. “Um gesto democrático e de respeito aos servidores e à sociedade”, colocou o parlamentar.

Os agentes de trânsito, dentre as suas reivindicações, querem a revogação do ato de demissão de dez servidores da AMC, que já foram re-enquadrados por decisão judicial. Outro ponto é a reposição dos dias de greve, não sendo aberto nenhum processo administrativo contra os servidores.

Na pauta dos agentes de saúde e de endemias constam: reajuste salarial de 16% com ajuda de custo diária de R$ 13,00 reais; melhores condições de trabalho; negociação dos dias em greve; além do retorno à Câmara do Plano de Empregos, Cargos e Salários (PECS) da categoria.

Participaram da reunião os vereadores João Alfredo (PSOL), Iraguassú Teixeira (PDT), Plácido Filho (PDT), Leonelzinho Alencar (PTdoB), Eliana Gomes (PCdoB) e Mairton Félix (DEM). O líder do governo, vereador Ronivaldo Maia (PT), que não participou da reunião, justificou a sua ausência em plenário, questionando o posicionamento dos líderes do movimento grevista. O petista informou ainda que trabalhava em prol da reunião para uma negociação da pauta dos servidores ainda para esta tarde.

Fonte: CMFor.ce

 
 
21 de dezembro de 2011

Serviluz cobra as mil vagas prometidas pela prefeita

00
 

Moradores do Serviluz cobraram os mil empregos prometidos pela prefeita Luizianne Lins (PT), há um ano, como forma de compensar os postos que seriam abertos com a instalação do estaleiro Promar, na Praia do Titanzinho. No fim de julho de 2010, após vencer a queda de braço com o Governo do Estado para a não instalação do estaleiro, a prefeita de Fortaleza disse que os mil empregos seriam criados com a ampliação da fábrica da Guararapes, no bairro Antônio Bezerra.

A cobrança ocorreu durante a visita do vereador Plácido Filho (PDT) ao posto de saúde Célio Brasil Girão, no próprio bairro. “Assim como os moradores do Serviluz, eu também só tenho a lamentar mais uma promessa não cumprida pela prefeita Luizianne Lins. Sequer o curso de capacitação de costura e alfaiataria teve início”, lamentou Plácido Filho, que também conferiu a situação na Guararapes.
(mais…)

 
 
Página 1 de 212